2016

Ciclos vitais

As Cores dos Mitos

Sua peça tem história:

A estampa Ciclos Vitais teve um longo processos criativo misturando um conto, poesia, exposição. Foi criada com a técnica de rapport de cicatriz 90 x 90cm, toda em aquarela.

A própria técnica “cicatriz” inspirou sua temática sobre anatomia.

Disso, me envolvi em um conto sobre a natureza e dizia que o limão era o coração dos frutos.

De tanto sofrer, azedou. Coisas do amor!

Durante a criação dos desenhos, me inspirei também pela galeria Tunga, em Inhotim, com os movimentos da obra Ciclos Vitais: enfim, entendi que a estampa seria um floral “orgânico”, com órgãos do corpo humano como flores e frutos. Fiz um belo estudo da anatomia e criei o estômago mamão, intestino de moranguinhos entre diversos órgãos disfarçados nessa estampa. De longe, um lindo floral, de perto, polêmica.